quinta-feira, 15 de março de 2012

Resenha : O Dia da Caça - James Patterson




Livro:  O Dia da Caça 

ISBN :  9788580410198

Autor: James Patterson 


224 páginas


Ano: 2011


Editora: Arqueiro 

Alex Cross está diante do criminoso mais cruel que já enfrentou Quando o detetive Alex Cross é chamado para investigar um caso de assassinato, depara-se com a cena de crime mais terrível que já viu em toda a sua carreira: uma família inteira foi morta dentro de casa. Tudo fica ainda mais chocante quando ele descobre que uma das vítimas é Ellie Cox, sua ex-namorada dos tempos de faculdade. Furioso, Cross decide pegar o assassino a qualquer custo Logo depois outro crime acontece, novamente envolvendo uma família inteira, só que dessa vez alguns membros dela estavam nos Estados Unidos e outros, na África. A investigação leva a crer que o assassino, conhecido apenas como Tiger, viajou para a Nigéria. Sem hesitar, Cross vai atrás dele. O detetive entra numa caçada implacável, numa terra sem lei Ao chegar lá, Cross se vê diante de um terrível cenário de miséria, violência e guerra civil iminente. Sem nenhuma ajuda, ele se envolve numa luta contra a corrupção e contra uma conspiração que parece não ter fronteiras, que pode pôr em risco sua vida e a de todas as pessoas que ele ama.


Olá pessoas, estou aqui para trazer a resenha de um livro de parceria que eu amei. O livro O Dia da Caça de James Patterson, que recebi de parceria com a Editora Arqueiro. O livro conta mais uma aventura do detetive Alex Cross que tenta resolver uma série de assassinatos cruéis de famílias inteiras. Para isso, ele viaja até a África e vivencia aventuras, experiências e perdas terríveis, arriscando a própria vida para solucionar esse caso de caráter internacional, onde CIA e FBI estão envolvidos também.

Já fazia muito tempo que eu queria ler algum livro do James Patterson, pois so vejo resenhas positivas a respeito. Esse não é o primeiro livro da série em que Alex Cross é o protagonista e mesmo ele fazendo algumas referencias a episódios passados de sua carreira, não senti que isso atrapalhou a leitura do livro e o entendimento dos perfis dos personagens.
Adoro livros policiais, com seriais killers, perseguições e quebra cabeças para montar e em O Dia da Caça pude encontrar todos esses elementos. A capa é simples, os capítulos são curtos, e por isso numerosos, mas adorei o modo como o autor dividiu a história, dando um ritmo realmente frenético a narrativa de Alex Cross na sua busca por justiça.
Acredito que não poderia ter tido nome melhor para o livro do que O Dia da Caça, já que o livro mostra realmente a caçada que Alex Cross realiza para prender Tiger e também a caçada que o próprio Alex sofre, de alguém ou alguma força que está tentando impedir que ele alcance seus objetivos.
Uma coisa que adorei no livro foi que alem de relatar a corrida de Alex para capturar o criminoso em questão, também nos é apresentada a triste realidade dos refugiados de guerra na Nigéria e em outras regiões da África. As situações que o protagonista vivencia junto com os refugiados, poderiam ser apenas obra da ficção, mas infelizmente não são. Mergulhamos na dura vida dessas pessoas e em alguns momentos foi difícil pra mim ler as crueldades que ocorrem nesses locais e não ficar revoltada com a pouca perspectiva de mudança.
As cenas de crimes e de perseguição são bem detalhadas e a tensão e o suspense são constantes no livro. A trama é bem amarrada e quando você pensa que o caso está solucionando, surgem novos fatos e reviravoltas, e surpresas ocorrem até a última página, literalmente rsrsrs.
Ao ler O Dia da Caça, eu lembrei muito de um filme chamado A Caçada, com o maravilhoso Richard Gere no papel principal de um repórter que caça um terrorista , e antes do filme começar, é passado um aviso, falando que as partes mais absurdas são as mais próximas dos fatos reais narrados. Tanto no filme quanto no livro, o descaso das autoridades diante de situações que poderiam ser resolvidas fica explicito.
Para quem gosta de emoções fortes é uma leitura recomendadíssima. Estou muito curiosa para ler os outros livros do autor. Fico por aqui, aguardando os comentários. Antes de me despedir,quero agradecer a Editora Arqueiro pela parceria e por ter cedido o livro. Fico por aqui, bjnhos Pri 







3 comentários:

  1. OI, PRi!
    Ainda não li um Patterson, acredita? Mas tenho vontade, sobretudo "Diário de Suzana" e este, "O dia da caça". Já ouvi falar muito bem dos livros dele e estou curiosa pra conhecer sua escrita.
    BEijo amiga =**

    ResponderExcluir
  2. também não li um livro do autor, mas ouço bastante elogios dele. espero gostar tanto quanto vc gostou!

    ResponderExcluir
  3. Olá Pri,
    Também tive o privilégio de poder ler o livro, sem sombra de dúvidas sua resenha foi perfeita :)
    Minha única queixa são os capítulos, muito curtos, o que me deixou perdida em alguns momentos.
    A leitura deixou um gostinho de quero mais e a última frase do livro me fez querer comprar todos os livros da série do detetive Cross kkkk
    Parabéns pela resenha!
    Beijos
    Vívian Rodrigues - Críticas de uma Leitora

    ResponderExcluir